quarta-feira, 29 de junho de 2016

Jogo de areia



Esta obra mostra a criação de um instrumento de intervenção psicopedagógica, uma construção de conhecimento que faz sentido, que traz significados para o paciente e para a prática do psicopedagogo. A autora desenvolveu este trabalho de pesquisa com o objetivo de construir uma integração entre o método psicoterapêutico junguiano do Jogo de Areia e o método clínico piagetiano para trabalhar com crianças e adolescentes em atendimento psicopedagógico clínico. O sujeito constrói cenários em uma das caixas de areia molhada ou seca. Estas construções expressam a condição cognitiva e afetiva que o sujeito possui naquele momento e adquire a possibilidade de desenvolver o seu pensamento de forma lúdica, trabalhando, assim, as dificuldades de aprendizagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário